Translate

segunda-feira, 16 de julho de 2012

Prática 19 - Briófitas

Objetivo
Observar e reconhecer as estruturas morfológicas de uma briófita típica.

Introdução
As briófitas são plantas que apresentam características de transição do ambiente aquático para o terrestre. Não possuem raízes e a absorção da água ocorre diretamente através da superfície do corpo do gametófito em contato com o substrato, fixo por meio de estruturas denominadas de rizóides. São vegetais onde começa a diferenciação de tecidos como a epiderme para proteção. Como qualquer outro vegetal, são capazes de realizar fotossíntese, sendo autótrofos fotossintetizantes. Como as algas, possuem o corpo na forma de talo, sem raízes, caule e folhas diferenciadas.


Materiais
01 microscópio de luz didático ou lupa
01 lâmina de microscopia
01 lamínula
03 a 05 exemplares de musgos (podem ser iguais ou obtidas em diferentes substratos - pedras, troncos, etc.)
01 estilete
10 mL de água de torneira
01 borrifador tipo spray

Procedimento
1) Borrife água de torneira e retire um pouco dos musgos colocando-os sobre uma lâmina de microscopia.
2) Pegue uma gota d’água e fixe o material com a lamínula.
3) Observe em aumento médio do microscópio ou lupa e faça o desenho de:
I – Briófita completa
II – Rizóide
III - Caulóide
IV – Filóide
V – Esporófito e cápsula

ADAPTAÇÃO: O microscópio pode ser substituído por lupa não sendo necessário o uso de lâminas ou lamínulas. Os exemplares de briófitas podem ser substituídos por fotos e/ou altas botânicos (disponíveis em livros didáticos). Os musgos podem também ser adquiridos facilmente em floriculturas devido a sua utilização ornamental.

Figura 01 - Briófita classificada como Musgo onde o gametófito cresce verticalmente. Possui um eixo ereto principal - caulóide de onde partem os filóides. Este exemplar utiliza o tronco de uma árvore como substrato (Foto Acervo Pessoal, Sítio Garnizé, Leandro Ferreira, MG).


Figura 02 - Esquema das principais estruturas de uma briófita típica (Adaptado de LOPES 2002).

Discussão
a) Quais as características marcantes das briófitas?
Padrão de Resposta (PR) - São plantas avasculares (ausência de vasos condutores); os líquidos são conduzidos por difusão célula a célula o que limita o tamanho desses vegetais. O transporte de água de célula a célula é muito lento e as células mais distantes morreriam desidratadas. São plantas comuns em locais úmidos e que não recebem luz direta do sol. São sensíveis à poluição e a ausência delas indica má qualidade do ar.

b) Quais os tipos de reprodução das briófitas?
PR -  Podem ocorrer de forma sexuada (gametofítica - pela fecundação de gametas) ou assexuada (esporofítica - por esporos).

Nenhum comentário:

Postar um comentário